14 março 2008

DEBATE NA RTP2

O Programa da RTP2, “Sociedade Civil”, promoveu um debate em torno da proposta camarária para a diminuição dos horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais do Bairro Alto. Pode assistir ao programa clicando aqui.

5 comentários:

  1. Parabéns pelo o bom trabalho demonstrado!!! qual não sei qual foi, nem q interesses serviram, mas me parece que a discussão publica terminou a dia 29 e é já para breve a alteração de horarios, segundo anunciou a actual presidente da junta.

    ResponderEliminar
  2. Bairro Alto com seus amores...
    Parece que a Junta de freguesia do Bairro Alto quer que os cozinheiros lá da zona se deitem com as galinhas. A ideia é preservar o descanso dos velhotes que lá moram. Mas será esta a solução que porá cobro ao pouco descanso actualmente existente? Não creio. O Bairro Alto é um lugar de divertimento nocturno que precisa de requalificação. Precisa de cuidados estéticos e éticos. As inscrições murais, os assaltos e a venda de droga não são flor que se cheire. E o sono dos ocupantes diurnos deve ser preocupação da Junta, de facto. Mas, fechar as cozinhas dos restaurantes às dez da noite, sem se ter em conta os desenvolvimentos dos últimos anos, é matar a zona. Se calhar há quem ainda se lembre com agrado dos tempos da prostituição e dos desacatos em pleno dia. Convenhamos que não é por aí que se requalifica coisa alguma. A ocupação das cidades deve ser feita por todos. A vida das cidades é a vida de todos nós. Lisboa tem de contar com todos. Em princípio todos deveremos ter direito à felicidade, onde o acharmos possível. Para isso é preciso pedir aos causadores da violência e do mau-estar actualmente existente que se retirem. Não será fácil gerir um papelinho destes, reconheço. Mas, é para pensar em soluções e trabalhar no sentido de resolver os problemas, que os autarcas são eleitos. Cortar a direito, sem perceber consequências deveras desagradáveis, não me parece a melhor resposta, nem para o divertimento, nem para o descanso do pessoal.
    Serão os próprios velhotes a ter saudades do tempo em que havia animação, aposto.
    publicada por José Teófilo Duarte
    In: http://www.blogoperatorio.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Anónimo3/4/08 14:50

    Primeiro gostaria de saber se o senhor josé Duarte mora no bairro alto, ou se já conversou com pessoas que moram.
    Pois eu como moradora e jovem posso lhe dizer que as pessoas gostam do seu descanso, principalmente quando se levantam as 8 da manha do dia seguinte para puderem trabalhar.Tendo em conta isto tudo não me parece que possa comentar em nada a vida do bairro alto!

    ResponderEliminar
  4. JusticeiroDaNoite4/4/08 08:45

    Continuo achar HILARIANTE quando leio aqui os comentários de "supostos"(até podem ser comerciantes de outros Bairros) moradores do Bairro Alto,quando ainda há bem pouco tempo se despejava o penico pla janela,as cascas das batatas para a rua,uma total imundice!
    Esquecem-se que foram os comerciantes que lhes trouxeram civismo,respeito,reconhecimento, emprego,pois o Bairro era famoso pela prostituição,rixas etc etc..ó srªcomentadora anónima,não seja tão extrema,tem sempre hipótese de trocar de casa ou é a santa casa que lhe está a pagar a mesma?Como anónima pode dizer tudo o que lhe vai na alma,pois eu tambem e enquanto não houver censura neste blog fa-lo-ei!

    ResponderEliminar
  5. JusticeiroDaNoite4/4/08 09:00

    Ainda bem que as juntas deixaram de dar pareceres no que diz respeito ao licenciamento!
    ó Srªa Presidente da Junta da Encarnçaõ,diga lá quem são as pessoas de qualidade que quer cá?E já agora que locais terão elas de frequentar?Será a mercearia fina da atalaia e depois o restaurante ao lado do Famoso Papa açorda...e depois provaria um vinho ai na pseudo-garrafeira das meninas que aproveitam para vender imperial a 0.80cêntimos ai mesmo a uns metros do seu trabalhinho?Poderiam também terminar com uma bebidita no novo e fashion chueca ou quem sabe nas tão renovadas Primas(uma simpatia de raparigas),seguindo depois para o Maria-Lisboa?
    Axa que teriamos assim um público de qualidade'
    Mas pronto eu também gostei de a ouvir e na questão dos grafitis a mim tambem não me chocaria nada ver alguns espalhados pelo Bairro(claro que com bom gosto e nada destes tags horrorosos).Já agora quanto aos cartazes espalhados por património privado e não só.era só fiscalizar quem são as companhias de teatro,bares e outros que tal e aplicar-lhes uma boa multa.Tem dias que eu chego a pensar que o cabaret maxime se encontra no Bairro tal é a profusão de cartazes do mesmo!
    Arranjem em cada rua sitios para a colagem de cartazes e quem colar por cima dos mesmos que se encontrem dentro da validade multa valente e paga na hora!
    Assim veremos como em menos de nada...puf...o problema será resolvido!
    Cumprimentos srªPresidente e á sua mãe que sempre a encontro lá pelas instalações da Junta,ou a beber uma aguita ou a comer um geladito(isto no verão,claro)! Bem Haja!

    ResponderEliminar